QuadrinhosPodcast - Cinema no ar Conheça o projeto Livros Literatura Oficinas O método Trailer

A Linguagem dos Quadrinhos: Literatura, Arte e Conhecimento
São as histórias em quadrinhos uma subliteratura? Normalmente os quadrinhos são considerados erroneamente como mero entretenimento, descompromissado, sem utilidade e de caráter infantil, mas aos poucos as críticas vêm sendo alteradas pela constatação de que se trata de um recurso viável ao processo de aprendizagem, ainda muito pouco explorado. Utilizar a literatura verbo-imagética é abrir a possibilidade de ampliar o uso da racionalidade humana, explorando não apenas o hemisfério esquerdo (lógico) do cérebro como também o hemisfério direito (emocional, artístico). O projeto de pesquisa busca constatar a possibilidade de produções que possam servir como fundamento para o processo ensino-aprendizagem, de forma lúdica, porém séria e profunda, seguindo a tendência da valorização da literatura dos quadrinhos não apenas como meras narrativas literárias mas também como incorporadoras da linguagem artística, iconográfica.
O caráter metafórico encontrado na charge de Laerte vai de encontro com as manifestações ocorridas durante a Copa da Confederações no Brasil. Lembra uma expressão da época em que os telefones públicos funcionavam com fichas, que caíam ao completar a ligação. O termo, cair a ficha era utilizado para o momento em que se tinha a real noção do que estava acontecendo em volta.